sexta-feira, 3 de junho de 2011

Você tem fome de quê?

Estômago, do diretor Marcos Jorge, é, sem dúvida, o filme brasileiro mais inteligente dos últimos tempos. O longa tem os ingredientes certos, com o perdão do trocadilho, para ser o sucesso que é, entre crítica e público. Quem ainda não assistiu, pode pensar que se trata de mais uma história romântica sobre culinária. Grande engano! São assuntos centrais no filme: o poder , o sexo e a comida (não necessariamente nessa ordem).

Trata-se da história de Nonato, um nordestino, que assim como tantos outros resolve tentar a vida em uma grande metrópole. O personagem, dotado de uma ingenuidade extrema (pelo menos é o que parece no começo do longa), consegue ascender socialmente através de suas habilidades gastronômicas (descobertas quase que por acaso) e, através delas, passa por transformações pessoais que mudarão completamente a sua vida.

Um dos pontos cruciais para tornar esse filme tão inteligente, é o formato com que é narrado.Os elementos são misturados cronológicamente, mas se encaixam de maneira perfeita e milimétrica para contar essa deliciosa história. Durante todo o filme, ficamos com uma dúvida intrigante sanada apenas ao final que, a propósito, é supreendentemente forte. Cláudia da Natividade, produtora e roteirista do filme, traduz perfeitamente a essência do longa, ao dizer que ele faz um balanço do comercial com o cultural. Isso explica a tendência de nos apaixonarmos por ele, assim que começamos a assisti-lo.

Assista ao trailer do filme:

video


Já assistiu a esse filme? Ficou com vontade? Deixe o seu comentário.

5 comentários:

  1. Eu sou esfomeada! Estou sempre com muita fome, lembrei do filme Fome de Viver...

    bezitos

    ResponderExcluir
  2. Larica dos Muleke3 de junho de 2011 18:50

    To com fome, quero leite.

    ResponderExcluir
  3. Querida...que filme...eu quero te falar...maravilhoso..vontade de comer massa putavesga....hehhe

    ResponderExcluir
  4. ai, nao saiu meu comentário! eu tinha comentado.............Dessa

    ResponderExcluir
  5. Um filme maravilhoso.....o teu comentário mais ainda!!!

    ResponderExcluir